Entra um senhor desesperado na farmácia e grita:
- Rápido, me dê algum remédio pra diarréia! Urgente!
O dono da farmácia, que era novo no negócio, fica muito nervoso e lhe dá um remédio errado: um remédio para acalmar os nervos. O senhor, com muita pressa pega o remédio e vai embora.
Horas depois, chega novamente o senhor que estava com diarréia, e o farmacêutico lhe diz:
- Mil desculpas senhor. Creio que por engano lhe dei um medicamento para os nervos, ao invés de algum remédio contra a diarréia. Como o senhor está se sentindo?
O senhor responde:
- Cagado...porem tranqüilo...tranqüilo.

Entra um senhor desesperado na farmácia e grita:
- Rápido, me dê algum remédio pra diarréia! Urgente!
O dono da farmácia, que era novo no negócio, fica muito nervoso e lhe dá um remédio errado: um remédio para acalmar os nervos. O senhor, com muita pressa pega o remédio e vai embora.
Horas depois, chega novamente o senhor que estava com diarréia, e o farmacêutico lhe diz:
- Mil desculpas senhor. Creio que por engano lhe dei um medicamento para os nervos, ao invés de algum remédio contra a diarréia. Como o senhor está se sentindo?
O senhor responde:
- Cagado...porem tranqüilo...tranqüilo.