cabecario

Entrar

Atualizado 12:13 PM, 1/12/2019

A CASCATA

Maria de Jesus Viana

A CASCATA

Eu  também nunca escrevi
Um poema à terra amada...
Nem à musa dos poetas-
Bica esplêndida, encantada!

                        Minh’alma se extasia
                        Ao contemplar, enlevada,
                        Majestosa e imponente
                        A muralha de granito,
                        Que se curva, reverente,
                        Aos pés de Deus, despojada.

Sempre amei a minha terra
E admiro a cascata
Desprendendo-se da serra,
Dançando por sobre a mata,
Se  espreguiçando, brejeira,
Revoluteando, faceira,
Como moça enamorada.

                        Vai espargindo, ondulada,
                        Sua espuma de cristal,
                        Balouçando, voluptuosamente,
                        Seu vestido  transparente,
                        Num bailado sensual.

Lânguida, serena, translúcida
A água do Ipuçaba
soluçante se debruça
No alto da Ipiapaba.

                        E vem caindo de leve,
                        Espalhando-se na terra,
                        Adelgaçada e dispersa
                        Pelo côncavo da serra,
                        Refletindo em cada gota
                        Rútilos raios de sol
                        Transformando-se em prismas
                        Irisados de arrebol.

As ninfas que habitam as matas
Que se banham nas cascatas,
Nas noites enluaradas,
Adejam todas as flores
Salpicadas de mil cores,
Com nuanças prateadas...
Borrifadas pelo orvalho
Que a noite vem derramar,
Elas cantam e dançam, embaladas
Pela cantiga da Bica,
À luz azul do luar.

                        Nessas grimpas onde ainda ecoa
                        O brado de guerra selvagem
                        Tabajara na pocema...
                        Tal qual uma doce miragem,
                        A Bica doa, incessante,
                        Seu véu claro, esvoaçante.
                        Para enfeitar Iracema.

Fonte: AILCA

TEMPO

Parcialmente nublado

27°C

Ipu

Parcialmente nublado

Umidade: 66%

Vento 24.14 km/h

  • Tempestades
    03 Janeiro 2019 31°C 21°C
  • Tempestades
    04 Janeiro 2019 30°C 21°C

Cadastre-se para receber Newsletter

Seja nosso filiado

Seja nosso filiadoClique no Botão e Filie-se

A Associação dos Filhos e Amigos do Ipu – AFAI, fundada em 31 de Julho de 2002, é uma das principais vozes em prol do município do Ipu e da comunidade ipuense, visa a preservação do seu patrimônio histórico, cultural e ambiental, bem como a minimização e/ou solução dos seus diversos problemas, especialmente junto aos mais carentes;